Livros

Série Napolitana (tetralogia)

01/08/2018 01:08


Titulo original: L'amica geniale; Storia del nuovo cognome; Storia di chi fugge e di chi resta; Storia della bambina perduta

Ano de lançamento: 2011

Autor(a): Elena Ferrante (pseudônimo)

Genero: Romance

Páginas: 480

Nacionalidade: Itália

Sinopse

Livro 01 - A amiga genial

Narrado pela personagem Elena Greco e cobre da infância aos 16 anos. As meninas se conhecem em uma vizinhança pobre de Nápoles, na década de 1950. Elena, a menina mais inteligente da turma, tem sua vida transformada quando a família do sapateiro Cerullo chega ao bairro e Raffaella, uma criança magra, mal comportada e selvagem, se torna o centro das atenções. Essa menina, tão diferente de Elena, exerce uma atração irresistível sobre ela.

As duas se unem, competem, brigam, fazem planos. Em um bairro marcado pela violência, pelos gritos e agressões dos adultos e pelo o medo constante, as meninas sonham com um futuro melhor. Ir embora, conhecer o mundo, escrever livros. Os estudos parecem a melhor opção para que as duas não terminem como suas mães entristecidas pela pobreza, cansadas, cheias de filhos. No entanto, quando as duas terminam a quinta série, a família Greco decide apoiar os estudos de Elena, enquanto os Cerrulo não investem na educação de Raffaella.

As duas seguem caminhos diferentes. Elena se dedica à escola e Raffaella se une ao irmão Rino para convencer seu pai a modernizar sua loja. Com a chegada da adolescência, as duas começam a chamar a atenção dos rapazes da vizinhança. Outras preocupações tornam-se parte da rotina: ser reconhecida pela beleza, conseguir um namorado, manter-se virgem até encontrar um bom candidato a marido.

Livro 02 - História do novo sobrenome

Neste segundo romance da série napolitana, veremos suas duas protagonistas, Lila e Elena, crescerem, e com elas todas as dores e as delícias de sua juventude em meio a um mundo repleto de caminhos que se abrem enquanto portas se fecham - se a sabedoria, o crescimento e o amor são possibilidades, eles ocorrem em um cenário limitado por uma disposição social por vezes cruel. Neste maravilhoso romance de formação de duas meninas, certamente o leitor vai se surpreender ainda mais com as possibilidades do universo de Elena Ferrante - esse mundo árido, tenso, delicado, profundo e, sobretudo, humano.

Livro 03 - História de quem vai e de quem fica

No terceiro volume da série napolitana, Lena e Lila partem para os embates da vida adulta. Numa sequência angustiante e sem espaço para a inocência de outrora, Elena Ferrante coloca o leitor no meio do turbilhão que se forma das amizades, das relações sociais e dos interesses individuais. História de quem foge e de quem fica é uma obra de arte a respeito do amor, da maternidade, da busca por justiça social e de como é transgressor ser mulher em um mundo comandado pelos homens.

Livro 04 - História da Menina Perdida

A história de vida de Lena e Lina e de todos os personagens do bairro de Nápoles agora caminha da maturidade à velhice. "História da menina perdida" é o final que o leitor esperava, com a dureza e a força que aprendemos a identificar nas personagens de Ferrante - sem rodeios.

Indicação da associada Daniella Sandrini Bassi:

A Série Napolitana - tetralogia de Elena Ferrante composta por ‘A Amiga Genial’, ‘História do Novo Sobrenome’, ‘História de Quem Vai e de Quem Fica ‘ e ‘A Menina Perdida’.

Conta a história de duas amigas nascidas em Nápoles em 1944 e sua trajetória de vida, quase que inesperada diante de uma sociedade machista.

A autora usa pseudônimo e só se comunica através de e-mails. Os muitos fãs, que aguardaram impacientemente cada um dos livros, especulam que ela só pode ser uma mulher, pela forma profunda com que descreve as relações femininas e o modo de perceber o mundo.

Brilhantemente escrito, mergulha a leitora em pensamentos acerca do que teria sido o universo interior de suas mães e avós. Faz questionar o quanto ainda a cultura fomenta nosso distanciamento da real intimidade com elas e com nossas amigas.


Leia Também