Notícias

Larissa Haick conta como é ter duas filhas artistas

Filhas levam o nome da Família Haick aos palcos

03/12/2018 18:12


A arte de cantar muitas vezes nasce de uma curiosidade, de uma influência, de um gosto por um estilo musical, ou até mesmo de um dom que surge naturalmente. No caso da família da associada Larissa Haick Vitorassi Batistin, promotora de Justiça da Comarca de Cascavel, a cantoria surgiu logo cedo para as suas duas filhas, a Carolina Batistin, de 13 anos, e a Fernanda Batistin, de 12 anos. 

A associada relata que Carolina e Fernanda começaram a fazer aulas de musicalização muito cedo, por volta dos 04 anos de idade e que o canto ocorre desde 2015. Já nos dias atuais, elas buscam aumentar seus horizontes nas aulas de violão e de teclado.

Em especial, neste ano de 2018, as meninas se apresentaram, no dia 1º de dezembro, em um Recital de canto da Escola Valécia Bressan, que ocorreu no Teatro Municipal de Cascavel.

Larissa Haick conta que é sempre emocionante assistir elas cantando. E desta vez em particular, Carolina e Fernanda apresentaram a música “de Janeiro a Janeiro”, que tem uma mensagem especial. Além de cantarem em grupo a música “True Colors”, que aborda a valorização das pessoas como elas são. A promotora explica: “Não são apenas canções bonitas que são escolhidas para o evento, mas elas sempre têm mensagens profundas para todas as pessoas, por isso é tão encantador”, declara.

Uma mãe orgulhosa e incentivadora

A associada comenta que se alegra em ver o despertar do mundo artístico em suas  meninas: “Como mãe fico muito feliz em ver as minhas filhas despertando todas as potencialidades, inclusive através do canto, e da dança, Carolina é bailarina, e Fernanda dança hip-hop. Ainda que não tenham intenção de se profissionalizar, a música desperta nas adolescentes diversas habilidades, as desinibe, desenvolve a concentração, ritmo, e outros benefícios”.

Uma promotora de Justiça que leva exemplos para dentro de casa

Ao falar como membro do Ministério Público, Larissa Haick lembra que incentivar crianças e adolescentes a desenvolverem seus talentos é uma forma de educá-los de uma forma melhor para o futuro: “Como promotora da área da infância e juventude, acredito e trabalho, para que todos os adolescentes tenham acesso a mecanismos de desenvolvimento de seus talentos, como música, dança e esportes, que aumentam a adrenalina e são eficazes para mantê-los longe de álcool e drogas”.

Uma dica para as outras mamães

Levar as artes para dentro de casa desde cedo, para as crianças e adolescentes, é essencial para que possam se desenvolver como um ser humano melhor quando adulto.

Para a promotora, é importante o incentivo, mas é preciso tomar cuidado com as exigências extremas e os desejos que vêm dos próprios pais: “Acredito que todos os que têm possibilidade devem estimular seus filhos a desenvolver seus dons artísticos, as meninas desde muito cedo fizeram aulas de musicalização, Carolina de violão e balé, e a Fernanda de teclado, jazz e hip-hop. É importante estimular, prestando atenção em seus desejos e personalidades, e incentivar sem projetar as nossas vontades nos filhos”.

Veja aqui a apresentação da música “True Colors”.


Leia Também